Arquivo de Março, 2006

Jeff Smith, entrevista ao autor de Bones

Pois hoje, fresquinho, fresquinho, se quiseres ver o vídeo duma entrevista com Jeff Smith basta ires ao site da Telltale Games e clicares no link da barra de navegação lateral.

Sneak-preview :) – podes ver uma explicação do processo de criação do autor, passando pela fase de storyboard, coloração, processo de iiiiiiiinspiração e criação de espaços envolventes por onde a personagem Bones costuma passear.

Tem em conta que no mundo da banda desenhada tudo é deixado ao teu critério, podes desenhar como quiseres, pintar como te der na telha, colares papéis nos teus desenhos, editar digitalmente, o que for! A tua imaginação dita o teu trilho! No entanto é sempre bom ter referências e aprender com outros que no mínimo têm experiências interessantes para partilhar :).

Daqui também se pode concluir que se tiveres alguma experiência que queiras partilhar…só depende de ti!

Anúncios

SketchCrawl!, desenhar até desfalecer

Hoje numa das minhas andanças pela Net descobri um site onde se pode encontrar muita gente com os mesmos gostos que eu. O nome do site é SketchCrawl e podes encontrá-lo aqui, sendo que o mais interessante acaba por ser o seu blog. Este site é fundamentalmente para os adoradores dos livros de esboços…
PUB: Sentes um fervilhar nos dedos, os teus olhos não param quietos, uma tremura na espinha, tem calma, não, não estás com doença de Parkinson, precisas simplesmente de DESENHAR! É verdade pega num livro de notas e…toca de rabiscar tudo o que vejas. O carro,o vizinho do lado, a velhota que atravessa a estrada, nem a perna da vizinha do R/C Direito escapa. O SketchCrawl é O site para os aficionados dos rabiscos. Passa por lá e compreendes o que quero dizer. :)

Stephanie LoStimolo

Outra senhora que tem trabalho com um traço muito forte e com cores que não lhe ficam atrás, dá pelo nome de Stephanie LoStimolo. Trabalha sobretudo com o mundo do fantástico e o seu trabalho baseia-se em coloração, ilustração e design gráfico.

Fica aqui um acepipe só para dar gostinho, com o devido respeito pelo copyright da Stephanie LoStimolo.

Tel gamir

Estes e muitos outros exemplos do seu trabalho podem ser consultados no seu site pessoal.

Quinzena da Juventude de Almada – 10ª Edição

10ª Edição Quinzena da Juventude

Pois é, pois é, aí está ela outra vez! Não sei se já lá foram alguma vez, para alguns talvez seja um tanto ou quanto fora de mão mas, ainda assim, é só uma questão de vontade. Vamos lá a levantar esses rabiosques e meter os pés a caminho da 10ª edição da quinzena da juventude de Almada. Para aceder aos locais, este ano numa jogada de marketing arrojada, a CMA reservou autocarros, bicicletas, triciclos, patins, trotinetes, aviões e outros a definir (reservas até 01 de Janeiro de 2001).

Vai acontecer de tudo e mais alguma coisa pela cidade de Almada, dança, artes plásticas, música, teatro e workshops de vernáculo entre outros. Podes consultar o programa aqui.

De destacar obviamente a exposição colectiva de banda desenhada, que se realizará de 24 de Março a 2 de Abril na Casa da Juventude de Sto Amaro, aka, Casa Amarela.

James Jean

Outro personagem com trabalho muito interessante é o Sr. James Jean. Teve a sua formação na Escola de Artes Visuais em Nova Iorque, tendo trabalhado, entre muitos outros, para o New York Times, TIME, Rolling Stone, Warner Books, Atlantic Records, Elektra Records, Burton, SPIN, ESPN the Magazine, Target, Playboy e Marvel. No fundo um tipo com um traço abrangente.
Podem ver muito do seu trabalho por aqui, o qual inclui, rabiscos de livros de notas, ilustrações, pinturas e capas de CDs entre outros.
Entre os seus últimos trabalhos podem consultar o seu processo de criação para a capa do último disco dos Calexico.

Corpse Bride – Storyboards

Para começar nada melhor do que deixar por aqui o link para o blog de Matt Jones com uns excelentes storyboards, assim como algumas referências gráficas utilizadas no decorrer do processo de criação do filme Corpse Bride do GRANDE Tim Burton.

Bem haja!

A pedido de algumas famílias, nomeadamente a minha, venho (re)iniciar a redacção de registos internáuticos de forma a dar a conhecer as minhas aventuras diárias, a evolução dos meus gostos, hábitos, crenças e ódios entre outros. Depois, e já que estou com a mão na massa, pretendo divulgar informação do mundo da banda desenhada entre outras artes que por aqui e ali coabitem, ou seja, tudo o que me der na telha.
Cá nos cruzaremos, no espaço virtual-sideral-mega-global.